terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Covardes

A garota tivera uma péssima noite, não conseguia parar de pensar no homem. Ela não sabia muito bem o que tinha acontecido nem sabia se deveria continuar ali, mas ela não era forte o suficiente para ir embora. Ela era uma covarde por não ter corrido atrás dele, mas ele era muito mais covarde por ir embora sem falar uma palavra.

Carol Addams

9 COMENTÁRIOS:

ana paula disse...

nhawn, adoro seus textos :)

e ah nem fala! katherine viva, assim, do nada D: tambem só li o primeiro e to nessa mesma duvida hihi :l tem um tempinho ate voltar agora (?) ai voce vai pensando hehe
beijo beijo :*

Angel disse...

Não acho que ela foi covarde de não ter ido atrás de alguém que foi embora sem falar nada... A gente deve entrar em batalhas que valem a pena, por pessoas que valem a pena, e que irão valorizar tudo o que fizermos por elas.

Deixe-o ir. Ela encontrará alguém que realmente a mereça.

Abraços, Carol!

Bell Souza disse...

Ficou legal, gostei um tanto desse.

Renata disse...

Essa covardiaé tão comum, preferir desistir de amar alguem, por medo de se machucar mais.
Queria ser corajosa para correr atrás dele (:
Beeijos

M. disse...

eu achei incrível!
me sinto exatamente como voce descreveu a assim..
quase sempre me sinto assim com relação ao meu namorado x;

lindissimo isso aqui!
volto sempre *:

Luh* disse...

O meu orgulho faz com que eu não corra atras!
beijos

vivian disse...

covarde? Não. Quem vai embora sem uma palavra não pode esperar nada de quem deixa pra trás. Lindo texto (:
Obg pela visita
:*

Babih Xavier disse...

E se naum correr atras significa covardia... eu sou covarde! Mas prefiro referir a mim como orgulhosa rsrsrs

Kaio Rafael, disse...

Eles tinham aquela coisa revirando dentro do estomago? =x

Nessas horas eu consigo ser bastante covarde também. ;/

Postar um comentário